domingo, 18 de novembro de 2012

DICAS NUTRICIONAIS PARA HALITOSE (MAL HÁLITO)



DICAS NUTRICIONAIS PARA HALITOSE (MAL HÁLITO)
Como é desagradável você chegar para conversar com alguém e aquele hálito forte atrapalhe o clima bom de um assunto agradável. E aí você não sabe o que fazer, segue umas dicas que vai tirar você dessa situação.
Pode ocorrer como consequência de diversas patologias como cárie, gengivite, amigdalite, desidratação, diminuição da produção de saliva, insuficiência renal, insuficiência hepática, diabetes descompensado, diarreia, constipação, gastrite e úlcera.
·         Deve dar preferencia aos alimentos ricos em fibras, estes estimulam a produção de saliva, impedindo a multiplicação das bactérias responsáveis pela produção de gases putrefeitos.
·         Mastigar bem os alimentos para evitar a sobrecarga gástrica, pois o aumento de produção do suco gástrico leva o aumento na produção de gases voláteis.
·         Uso de temperos como cravo, canela e gengibre é bom, pois este funciona como bactericida, é bom usar como enxagua tório bucal, deve ferver as ramas por 10 minutos e utilizar o líquido várias vezes ao dia, o uso da salsa crua tem a função de anti-inflamatório;
·         Aumentar o consumo de água no dia de 8 a 10 copos de água no dia, aumenta a produção de saliva.
·         Fazer a higiene adequada da cavidade oral;
·         Procurar alimentar de 2 em 2 horas;
·         Uso de balas, drops (pastilhas) ou chicletes com xilitol (ato de mastigar aumenta a produção de saliva e diminui o odor).
·         Ajustar a dieta à patologia causal, aos fámacos em uso e às necessidades do paciente;
·         Evitar excesso de cebola, alho, são ricos em indol e sulfetos alílicos (enxofre) o que aumenta o hálito;
·         Evitar o excesso de repolho, brócolis, couve são ricos em indol substancia que aumenta o mal hálito;
·         Evitar longos períodos de jejum;
·         Evitar o tabagismo;
·         Evitar o uso contínuo de produtos para bochechos, pois podem alterar a flora bucal e produzir manchas escuras nos dentes;
·         Evitar pastilhas, balas, drops e chicletes com açúcar, pois são cariogênicas;

Nenhum comentário:

Postar um comentário